A Tabletip Games é uma editora de jogos de mesa portuguesa que começou em 2012 com um punhado de ideias e um projecto para as desenvolver. Acreditamos em jogos que juntam diferentes gerações à volta de uma mesa e promovem conversas improváveis e que os jogos podem ser um meio para abordar temas contemporâneos e contribuir para uma reflexão atenta ao que nos rodeia. Os nossos jogos não são apenas jogos, são formas de convívio divertidas e inteligentes!

Pedro Santos

Pedro Santos

Game Design & Concept Thinking

Começou a criar os primeiros jogos de estratégia aos 10 anos, passou para os jogos de Spectrum aos 16, e nunca mais deixou de estar ligado aos jogos de mesa e aos jogos de computador. É Professor do Departamento de Matemática no Técnico, e dá aulas de Desenho e Desenvolvimento de Jogos ao Mestrado de Engenharia Informática e Computadores, no Taguspark.

Carlos Mesquita

Carlos Mesquita

Concept Thinking & Sales & Production

Como todas as crianças jogou aos polícias e ladrões, e outros parecidos. Ganhou uma especial apetência por brincar às guerras com soldadinhos. Foi da geração Spectrum, mas também de revistas como a Jeux&Stratégie, Casus Belli, Strategy&Tactics, que despertaram uma paixão por jogos históricos e estratégicos. Com a idade degenerou para os Eurogames… Gosta de criar jogos que sejam divertidos, mas que façam pensar. É gestor na área de inovação de um grupo de TI.

Marco Vala

Marco Vala

Game Design & Concept Thinking

Cresceu com os jogos de computador. Nunca teve um Spectrum, mas passou horas num Amstrad quando o DOS ainda era 1.0! Os jogos favoritos sempre foram os de estratégia como a saga Civilization e foi com naturalidade que descobriu os jogos de tabuleiro. Começou pelo inevitável Settlers of Catan e desde então a coleção tem crescido sem parar. Gosta de jogos simples mas com profundidade nas decisões. Ensina Computação Gráfica, Interfaces Pessoa-Máquina e Programação 3D para Simulação e Jogos no Técnico.

André Pereira

André Pereira

Game Design & Concept Thinking

Começou a jogar desde que saiu da barriga da mãe! Interessa-se por todo o tipo de jogos, sejam de computador, de cartas, de tabuleiro ou desportos em geral. Foi jogador federado do clube de xadrez de Sintra e ganhou alguns torneios de Magic the Gathering. Com o passar dos anos dá mais valor à parte social dos jogos e prefere jogar com e contra os seus amigos. Atualmente é investigador na área de Inteligência Artificial e tenta criar oponentes artificiais socialmente inteligentes.

Filipe Preto

Filipe Preto

Concept Design & Communication

O verdadeiro jogo é o da simplificação. Diz que para resolver é preciso primeiro baralhar, e leva essa regra a peito como designer gráfico. Os primeiros jogos electrónicos foram partilhados por amigos para correr num amstrad portátil PPC-640, mas a emoção chegou mesmo com os macs, nas pausas do trabalho para jogar Lunatic Fringe e os enigmas do Mist. Com a explosão da web o jogo foi logo outro e o desenho de interfaces online passou a ser uma constante de interesse e prática na atividade profissional.

Missão

Queremos ajudar a fazer crescer os jogos de mesa em Portugal, mas também olhamos para o mercado internacional como destino. O nossa ideia é apostar em autores e ilustradores que tenham ideias originais e apoiá-los na sua concretização. Somos um projecto de portas abertas a quem partilha a nossa visão e quiser colaborar connosco.

Visão

Acreditamos em jogos que juntam diferentes gerações à volta de uma mesa e promovem conversas improváveis e que os jogos podem ser um meio para abordar temas contemporâneos e contribuir para uma reflexão atenta ao que nos rodeia.

Competências

GAME DESIGN
GAME DEVELOPMENT
GAME EDITING
GAME PUBLISHING